domingo, 24 de janeiro de 2010

PALAVRAS



Palavra que tudo encerras
palavra que és vazia

És somente uma palavra

donde te vem tudo isso
força, fraqueza

És somente uma palavra.

Amor e Ódio
Amigo e Inimigo

És somente uma palavra

És palavra na caneta do poeta
És palavra na boca do cantor

És somente uma palavra,

contróis e destróis
crias heróis e os derrotas.

És somente uma palavra

limpa e suja
sublime e mesquinha

És somente uma palavra

choras e ris
transmites sentimentos
uns fortes, outros não

És somente uma palavra
os teus amigos são palavras
iguais a ti
que dançam e brincam
a teu lado

És somente uma palavra
na boca da criança te constróis
na do adolescente te revoltas
na do velho vais sumindo

És somente uma palavra
connosco nasces, vives e morres
até ao ultimo suspiro

És somente uma palavra

donde te vem tanta força

És somente uma palavra!!!


Isabel Cabral (publicada em 2007)
Este poema ou poesia, não são apenas plavras, são pequenas reflexões para todos nós podermos pensar.

19 comentários:

Multiolhares disse...

somente palavras nos podem elevar aos céus ou fazer com que comamos o pó da estrada
beijinhos

izzie disse...

Uma palavra nunca é somente "uma palavra"... :)

Beijinho,

Sônia Brandão disse...

Como é grande o poder da palavra! Por essa razão devemos ter cuidado ao usá-las.

bjs

gaivota disse...

uma palavra, apenas, faz a diferença!
na hora certa e no ligar certo, isabel, é tudo...
beijinhos

tossan disse...

Gosto mesmo é de poemas como este, adulto e não me conta o amor da noite passada. Adorei! Beijo

AFRICA EM POESIA disse...

isabel
è obrigada por sentires que é assim.
um beijinho



SER FELIZ



É estar em sintonia com Deus.
É saber amar...
Saber viver cada dia.

............

Por isso...
Ser feliz...
Depende de nós!!

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Acabei de chegar e nada mais gostoso que ler todo o carinho deixado. Foram dias mágicos, onde a natureza mostrou sua força dentro de nós. Cada um de vocês fazem a diferença, acreditem! Essa energia porreta é boa demais de sentir, minha gente. Sei que o recado é coletivo, mas a admiração por cada um é individual. Assim que organizar tudo, deixar tudo no ponto, retorno com mais calma no blog de cada um de vocês, viu? A correria impossibilita muita coisa, mas não tira de nós o querer bem que sentimos por todos.

Beijo bem grandão!

Rebeca

-

Viviana disse...

Olá, Isabel!

Obrigada por partilhar conosco estes momentos tão sublimes...

Gostei muito.

Sublinho estas "palavras".

"És somente uma palavra
na boca da criança te constróis
na do adolescente te revoltas
na do velho vais sumindo"

Um abraço

viviana

BC disse...

Olá Tossan, sem deprestígio para ninguém, porque quando aqui comento os comentários,dos comentários, ou comento todos, ou não comento nenhum, não faço diferenças nem ponho ninguém de parte, este é e será sempre o meu lema (salvo raras excepções, uma resposta a uma pergunta ou wherever).

Mas não posso deixar de te dizer que achei interessante e diferente o teu comentário.

Será que as pessoas hoje em dia estão mal resolvidas????

Será que as palavras são importantes mas outro tipo de palavras???
Fica no ar!!!

Eu compenso com o mar, as estrelas,as crianças....ando so on!!!
Beijo

ematejoca disse...

Russel disse, que há muitas pessoas, que preferem morrer do que PENSAR!
Eu sou uma delas... e por isso sou uma grande fã de desafios!!!
Há lá outro no "ematejoca azul".
É um desafio muito interessante, porque se fica a saber até que ponto os nossos amigos virtuais nos conhecem!!!

Marta disse...

Palavras que têm, por vezes que ser cuidadosas para não magoarem..
Só que já se está magoado antes de se proferirem as palavras....
O teu poema é realmente para reflectir....
Gostei imenso...
Espero que gostes do poema do Ary que escolhi..
Beijos e abraços
Marta

ematejoca disse...

Muito obrigada, Isabel, por ter respondido ao desafio. Dou os resultados quando obtiver a resposta de todos a quem o mandei.
Isabel, esqueça o desafio das manias e faça este, que é muito mais interessante.
Em tempos já houve um desafio parecido e a Isabel não acertou uma única vez, desta vez já acertou... parece, que já me conhece melhor.
Eu sei, que o blogue da Isabel, é destinado a divulgar boa poesia com pensamentos profundos.
Para mim a blogosfera é puro divertimento!!!

Lilazdavioleta disse...

Olá Isabel ,

Gosto deste teu poema .

Palavras ... associadas a silêncios
e a gestos , tão cheios delas .

Um beijo.

Maria

Nova Civilização disse...

Isabel,

que belo poema! nos revela o quanto realmente as palavras nos fortalecem pois apesar de serem só palavras muitas vezes nos devolve a vida e as esperanças e delas somos muito gratos!

beijinhos,

Gisele

Isabel Preto disse...

Quantas vezes, usamos as palavras, sem pensar, depois é tarde para voltar atrás...palavras podem ser mel, mas também podem ser fel.
Obrigada pela tua presença assídua no meu blog, Deus sabe como preciso de amigas, agora mais que nunca.
Beijinhos.

Marta Vasil disse...

Boa amiga, que de uma forma ou outra vais fazendo parte da minha vida,
ando com o peito em dor. Muita dor. A seara de alegria que eu queria para este ano nem um bago me trouxe.Faleceu-me a minha mãe. Quinze dias depois o meu pai. Tudo tão inesperado! Rastejo no lodo amiga. Estas perdas doem. O que fica e envolve essas perda ainda dói mais.
Desejo Isabelita que não passes nunca por aquilo que estou passando. Que nunca te aconteça nada assim desta forma tão brutal, sem pré-aviso.

Um beijo

poetaeusou . . . disse...

*
gostei,
,
palavras,
são sinónimos de dualidade . . .
,
conchinhas, ficam,
,
*

BC disse...

Martita amiga, eu respondi no teu espaço, mas como não sei onde vais primeiro, é demais e deixo aqui também o meu sentir,a minha presença ao teu lado.

Situações destas não se comentam, dá-se a mão, há 10 anos quando aconteceu o mesmo à minha mãe ainda hoje o sinto fortemente.

Mas Marta, nada do que te possa dizer agora te vai consolar, mas não te esqueças que estou contigo e se precisares bate sempre à porta.

Acho que não vou dizer mais nada, quero dar-te um beijinho muito terno, um abraço muito grande e enviar-te daqui uma flor para ti e para eles, porque onde quer que estejam vão ficar ao teu lado para sempre acredita amiga.
Isabel

nuance disse...

A "palavra" pode ser DOCE ou AMARGA.

Abraço Isabel.
Fátima.