terça-feira, 24 de maio de 2011

NINGUÉM

NINGUÉMEu sou de toda a gente
e não sou de ninguém


a vida é uma panóplia
de vidas juntas
nas quais nos encontramos
deciframos, contestamos
ficamos em silêncio
entendemos, percebemos
somos bonecos, pessoas
estendemos as mãos
mas só uma não nos pede
nada em troca


amigos quem os tem?


eu sou de toda a gente
e não sou de ninguém


sentimentos profundos
que nos anulam
nos fazem viver
nos outros


e em nós quem vive?


paixão, desolação
verdade, mentira
focada, desfocada
em cada dia
uma vida que rola
que caminha
lentamente, depressa

eu sou de toda a gente
e não sou de ninguém


Isabel Cabral

4 comentários:

Isabel Preto disse...

Isabel, passei para te deixar mil beijinhos e dizer que também és um pouco minha:))))

BC disse...

Obrigada Isabel, vocês também são todos um pouquinho de mim e também fazem a minha história.
Existe um lugar especial no meu coração para vocês que me acompanham há tanto tempo.
Beijinhos muitos

Luís Coelho disse...

Todos somos de todos sem ser de ninguém.
A vida é uma comunicação descontinua.Andamos, paramos, respiramos, rimos e choramos.

Somos também de todos e todos são nossos. Sem comunicação não há vida.

BC disse...

VERDADE!!!
:)))))