sábado, 5 de dezembro de 2009

A MAGIA DO NATAL


Nesta estação das luzes,
sente o brilho que emana
de todas as coisas.
E depois deixa que este esplendor
te aponte para a Luz íntima
do Natal que habita
no teu próprio coração.
Karen K.
Todos nós temos dentro de nós uma estrelinha que nos conduz aos outros!!!
Isabel Cabral

13 comentários:

ematejoca disse...

Continuo o visitar o SLETRAS sem deixar comentários.
Hoje quero compartilhar consigo, Isabel, a magia do advento, desejando-lhe um Segundo Domingo de Advento muito feliz.

BC disse...

Obrigada Teresa,compartilharei também consigo essa magia do advento, desejando-lhe também um Domingo feliz.

Tentativas Poemáticas disse...

Viu, amiga Isabelita, como não perdeu o blogue e já conseguiu publicar um poema lindíssimo?
Beijinho muito grande com muito carinho.
António

alegria de viver disse...

Olá querida
Esta é a magia do Natal cheio de luz.
Com carinho BJS.

ematejoca disse...

Venho aqui de manhã cedinho com duas perguntas:

1 - Este poema é seu e dedicado a uma certa Karen K., ou o poema é dessa tal Karen? Caso a segunda resposta esteja certa, diga-me quem é essa Karen K.!!!

2 - Quer participar num desafio, Isabel, que vai aparecer amanhã no "ematejoca azul"? São só 5 perguntas sobre o Natal.

Eu fujo a todos os pensamentos ou sentimentos profundos, como a Isabel sabe. A blogosfera é para mim uma distração, por isso gosto de desafios. Embora, não consiga abrir a minha alma com ninguém, quando respondo aos desafios sou 100% sincera.

Para terminar gostava de saber a sua canção de Natal preferida. Só UMA!. Pode responder aqui, mas caso, responda no "ematejoca azul, então na posta, onde faço essa pergunta, para ter as respostas todas juntas.

A saudação habitual de D´dorf!

非凡 disse...

I'm appreciate your writing skill.Please keep on working hard.^^

BC disse...

Olá Teresa, boa tarde.
.Em resposta à primeira pergunta que me faz, não é dedicado à Karen K, é escrito por ela.

.Não sei quem é, o meu pai ofereceu-me um livrinho chamado a "MAGIA DO NATAL", já há alguns anos, onde tem reflexões sobre o Natal, e eu de vez em quando vou ler, assim como leio o principezinho muitas vezes.

.Este livro da MAGIA DO NATAL embora possa parecer um livro para crianças, pela apresentação, pelas gravuras, não é, é mesmo um livro de reflexão para adultos.

.Quanto ao desafio claro que pode contar comigo.
Em relação ao que me diz de abrir a alma, disse-me a Teresa e a Viviana e eu gostei que me tivessem dito isso, e porquê????

Porque não vejo o dizerem isso, ou melhor não o sinto nem o senti como expôr a minha vida, mas deixa-me contente porque sinto que consigo através dos poemas chegar aos outros e isso é precisamente aquilo que eu quero, é chegar com as minhas letras, com as minhas palavras com os meus versos, as minhas frases ficar mais perto.

ISSO PARA MIM É UM ELOGIO MUITO GRANDE.

Gostava muito de ter oportunidade de falar consigo pessoalmente muitas coisas ficariam esclarecidas e é sempre diferente olhar nos olhos das pessoas ver as suas verdades, o seu coração.
Perceber que tudo é real, não há ficções, há honestidade, não querer ser elogiada, nem nada que se pareça, querer, só chegar aos outros, dar a mão, transpôr um sorriso.
Eu sou mesmo isso!!!

BC disse...

Esqueci-me de uma coisa Teresa, apesar da minha grande modéstia porque acho que ela até a mim me dói, gosto de uma palavra dos amigos,sinto-me bem, é importante para toda a gente.
Não vivemos em ilhas mas num mundo partilhado por, e com muita gente.
Beijinho
Isabel

Nova Civilização disse...

É verdade !

gostei muito do que você escreveu.

abraços,

Gisele.

poematar disse...

Sim, a "Luz íntima" é que vale. Tudo de bom.

ematejoca disse...

Lindas as suas palavras, Isabel.
Volto hoje à noite para lhe responder. Para já só lhe quero dizer, que o desafio já está no "ematejoca azul". A imagem não é tirada da net, mas sim dum postal de Natal e é oferecida aos participantes como uma espécie de selo/prémio.

Marta Vasil disse...

É saber ver essa luz que nos faz sentir e viver os nossos momentos como momentos que não brilhando, podem brilhar a qualquer momento.

Beijinho de luz para ti amiga

Raul Martins disse...

Ainda que o Natal não tenha o encanto de outros tempos, dizem, e é capaz de ser um pouco verdade, continuo a acreditar no Natal como um momento de reflexão sobre a nossa vida como cristãos e no papel que nos cabe desempenhar no mundo em que vivemos e, sobretudo, porque acredito nessa LUZ, essa estrelinha, que nos conduz e que só é Luz verdadeira se nos conduz aos outros.
.
Carpe diem!
.
PS - Aproveito para um beijinho para a Teresa de Longe.