sábado, 25 de abril de 2009

25 de Abril

25 DE ABRIL SEMPRE!!!

Excerto do poema "Os cães da minha terra" do livro "Fogo de Santelmo" editado em 1973






.....
Que os cães da minha terra
já nem sabem ladrar.
Perderam a voz.
Perferam a voz.

Até que um dia um cachorro
descubra que é monstruoso
um cão não saber ladrar.

Mariano Calado



3 comentários:

alcinda leal disse...

Sempre, sempre e cada vez com mais democracia e solidariedade social!
Beijos aqui do Casal do Abrigo para todos.
Alcinda e Rui

Artista Maldito disse...

Olá Isabelita

E que a gaivota continue a voar, a voar, rumo à liberdade, à justiça social, e a democracia nunca se deixe amoradaçar, e os cães nunca se esqueçam como ladrar.

Uma publicação, como disse, suave, mas que diz tudo.

Beijinhos e um excelente Dia da Liberdade,
Isabel

contracena disse...

Que os cães deixem de ter medo de ladrar!

Beijinho.
Fátima.