quarta-feira, 11 de novembro de 2009

PENSATIVA


São só letras, palavras,
desdobradas em dores
mas nelas se inventam desculpas
razões que não existem
mas que doem e ferem
e desconcertam nas entranhas.
Belisco-me num pensamento,
não sei se existem realidades, ou sonhos
estou no chão, ou no ar???
a andar, ou a voar
me belisco, de novo
acordada, ou a dormir
a dar e não sentir
misturei-me em palavras
sentimentos,
mas continuo sem nada entender.

Isabel Cabral

14 comentários:

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Isabel linda,

Sempre é tempo de esperar o seu carinho. Fique à vontade, viu? O mais importante já temos, sua amizade mais que valiosa.

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca

-

Contracena disse...

Gostei deste poema.
"Entender", às vezes é complicado, e nem sempre entendemos, nem sempre chegamos a uma conclusão.

Beijinho Isabel C.
Fátima

tossan® disse...

Lindo, muito lindo! A poetisa eu já conheço. Continue sem entender. Pra que?. Beijo

Licas disse...

Olá Amiga

Gostava que tivesses um conhecimento mais alargado de uma obra existente nesta cidade do Porto desde 1881.

Se tiveres oportunidade vê no PORTO CANAL, na próxima 6ª feira 13/11, pelas 14h, ou no sábado, pelas 9h30mim a rúbrica BOAS CAUSAS.

Gostaria depois do teu feed-back.
Obrigada
Licas

Nilson Barcelli disse...

Nem sempre entendemos as nossas coisas, mas o importante é detectá-las. O seu entendimento vem depois, com tempo e com algum trabalho de análise... digo eu...
Gostei imenso do teu magnífico poema, querida amiga. Faz reflectir sobre a vida...
Beijos.

Andreia disse...

Que bonito! *

mundo azul disse...

________________________________


...bonito, Isabel!!!

A montagem da foto abaixo, das crianças, está uma lindeza!


Beijos de luz e o meu carinho...

_______________________________

Viviana disse...

Olá Isabel

Quanta coisa não conseguimos entender!

Eu pasmo tanta vez perante a vida!


Mas como amo a vida e gosto imenso de viver, vou percorrendo a minha distância, cada dia, cada hora,pasmando e deslumbrando-me..

Gostei muito po poema.
È lindo.

Parabéns.

um abraço

viviana senhora linda

Sônia Brandão disse...

Ficar perdida entre o sonho e a realidade. Achar o entendimento? Difícil...
bjs

Viviana disse...

Olá Isabel

Primeiro que nada quero dizer-lhe que a "senhora linda" que escrevi no comentário, é a Isabel e não eu como pareceu...
Foi um lapso na escrita.

Depois, venho informá-la que tem lá no meu cantinho uma "Homenagem de Afecto", para si.

Desejo um óptimo fim de semana

um abraço

viviana

Multiolhares disse...

Que fazer das palavras, das letras, dos sentimentos, quando deslizam pelo chão feitas dores da alma,por vezes só deixar passar pois é o tempo que tudo ajuda a curar
Bjs

Beatriz disse...

ola Isabel.
Boa noite.
Bonito poema. A vida é um sonho... estar viva uma realidade... agora entender ... vamos aos poucos dar razao
á vida...
Desejo um excelente fim de semana.

Deixo um bjo e o meu sorriso
com carinho
Bea

gaivota disse...

isabel, este teu poema deixa no ar o pensamento dos porquês dos entendimentos!
beijinhos

ematejoca disse...

Entender para quê, Isabel?