quarta-feira, 6 de fevereiro de 2008

Poema

Hoje é o dia dos teus anos
E quantos já passámos juntos...
Tantas coisas boas
Tantas contrariedades
Tantas praias e marés
Mas não importa
Porque hoje é o dia dos teus anos


Para ti

As palavras são difíceis de dizer
Também nunca foste homem de palavras.
Quanto a isso, nada poderei fazer
As palavras não são éfemeras
Teriam que ser simples
Ou então muito grandes
Para descrever sentimentos
E de facto, não se dizem
por palavras
Elas estão todos os dias,
Nos sorrisos, e nas mágoas,
Dos nossos filhos
No chilrear dos pássaros
No colorido das flores
Que também é o colorido
Das nossas vidas
No bailar das gaivotas
No azul do mar
Porque tudo isto é Amar

2 comentários:

António disse...

Acho que é mesmo assim, nos olhos dos nossos filhos todos os dias nos revemos.....

BC disse...

E que assim aconteça por muito e muito tempo....
bjs