quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Dar amor

É tão fácil
dar amor
Onde só existe dor
O que realmente é difícil
é não saber dar a mão
a alguém que é teu irmão

Isabel Cabral

8 comentários:

Multiolhares disse...

É verdade no fundo todos somos irmão, todos precisamos de momentos de carinho,m atenção,e poe veze4s é tão facil estender a mão
beijinhos

Mello disse...

Sim! Dar carinho é uma das coisas mais fáceis, mais simples e gratuitas. Pode ser só um olhar especial, um meio sorriso, tudo conta para alegrar um pouco o coração.
Beijinhos,

Graça Mello

ematejoca disse...

"É tão fácil
dar amor
Onde só existe dor"
Nao compreendo muito bem o que significa dar "amor onde só existe dor"

"O que realmente é difícil
é não saber dar a mão
a alguém que é teu irmão"
Eu nao acho nada difícil dar a minha mao a alguém que precise dela. Difícil é, talvez, que a outra pessoa aceite essa mao.

Cheguei há pouco a casa. A noite foi tao repleta de "cultura" que fiquei burra para interpretar a primeira parte do poema.

Boa noite, Isabel!

BC disse...

Teresa, como a resposta ao comentário vai ser longa, logo respondo em poste, talvez mereça uma explicação mais cuidada.
Beijos

Marta disse...

Há tanta gente que precisa de carinho...e não o recebe...
Ás vezes, sentimo-nos impotentes - sinto isso quando vejo a minha Mãe tão enfraquecida...
Obrigada, Isabel....
Beijos e abraços
Marta

1/4 de Fada disse...

Tristemente, verifico que cada vez mais quem se sente infeliz não aceita ajuda e torna-se facilmente rancoroso e amargo. Felizes dos que conseguem acolher a ajuda.

Mello disse...

Olá, Isabel!

Nem todos os amigos são como leste no Mello, graças a Deus! Há muita gente boa! Os outros têm de aprender o que é a amizade. Não deixes de pôr o post da amizade. Tenho recordações lindíssimas dos amigos que tive nos seis anos que leccionei no continente, ainda cultivo algumas amizades verdadeiras que me telefonam só porque gostam de mim. Peço-te que vejas a curta-metragem no Mello. Ali está a minha ideia de amizade. Peço-te desculpas se te magoei, não era a minha intenção!

Beijinhos e fica bem,

Graça Mello

BC disse...

Graça,há para aí uma grande confusão eu não estou magoada contigo, fizeste confusão amiga,o que eu escrevi não tem nada a ver com o que li no Mello, eu é que te peço desculpa.
Foi coincidência termos postado, coisas que se tocaram,mas descansa,
foram desabafos.
Beijinhos