terça-feira, 17 de junho de 2008

Dead Poet's Society - Carpe Diem

E Karl Popper da postagem do Raul fez-me lembrar algo, um filme que eu vejo as vezes que fôr preciso, porque foi um dos filmes que mais me marcaram.
Assim é bom aprender!!!
Sem tédio, com gosto.
Também se pode Amar o SABER!!!

5 comentários:

Teresa disse...

Li o seu comentário sobre o Karl Popper, e depreendi que ainda estava acordada.
Este filme, Isabel, é um dos filmes de que mais gosto, e um dos poucos filmes onde chorei.

Bem, agora é que vou para a cama.
Boa noite, e durma bem.

Fátima André disse...

O Amor à Cultura... cultiva-se!
Ninguém pode amar o que desconhece, não é verdade!?
Como diria Roberto Carneiro «Na sociedade do conhecimento (…) os professores podem ser os obreiros de um novo iluminismo educativo».
E como diz Fernando Savater, temos a obrigação de ser Optimistas!
:)

Raul Martins disse...

Bom complemento ao texto de Popper. Vou levá-lo e colocá-lo como adenda.
Carpe diem!

1/4 de Fada disse...

É um dos filmes da minha vida! Vejo as vezes que for preciso e não me canso.

Viviana disse...

´Olá Isabel,

Há quanto rempo que eu vejo e sinto, que a escola que temos, não é aquela que precisamos... para se aprende alegremente e apaixonadamente!

Sonho que um dia isso aconteça.

um abraço
viviana