quinta-feira, 15 de maio de 2008

Sorriso


Hoje o dia amanheceu cinzento, chuvoso, triste. Desconfio que o dia tem mesmo a ver com as pessoas. Hoje estou naqueles dias, em que me apetece ficar enterrada no sofá a comer chocolates o dia todo, como diria a minha amiga Storinha, quando se encontra deprimida.

Não me apetece escrever, as palavras não me saem, há dias assim, ficaram entaladas na garganta. Gosto de ver o sol entrar pelas vidraças todos os dias, para nos dar calor. Ontem depois das palavras e dos números coloridos, está tudo cinzento. Fui à gaveta e escolhi um poema

de acordo com o meu estado de espírito de hoje.
"SORRISO"
Olhos de menina que um dia,
o foram
Deles nada me resta,
alegres,
profundos,
Com um sorriso
Que outrora foram sorriso
na boca
de meus pais.
Já nem força,
nem sorriso,
Olhos de criança que um dia,
o foram
São hoje, olhos tristes
Sem rumo
Sem saberem que caminho
Hão-de seguir
Como eu queria
Que esses olhos fossem
Sorriso ainda na boca de meus pais
Isabel Cabral
2005

13 comentários:

Fátima André disse...

Olá Isabel

Aqui vai o meu sorriso :)
pode ser que ajude a melhorar qualquer coisita no seu dia.
Tenha um bom dia. Se não puder ser a sorrir e com um brilho nos olhos, que seja com muita paz interior.
:)

BC disse...

Mais uma vez!
Bom dia Fátima, hoje começámos a falar muito cedo.
Obrigada pelos sorrisos, já os aceitei.
Isto é uma vergonha, depois de ter visto ontem um programa na televisão de uma autêntica "Mãe Coragem", é uma vergonha dizer que o dia nos corre mal, sem razões aparentes.Mas há dias assim, e talvez o que vi ontem também me tenha impressionado.Como é possível algumas pessoas sofrerem assim tanto!
Para si também os meus sorrisos!
UM BOM DIA...

Marta disse...

Há dias realmente assim....
Não é vergonha confessar...pois tenho a certeza de que vai encontrar forma de sorrir...
Já respondi ao desafio...
Até já
Beijos e abraços e sorrisos....
Marta

Viviana disse...

Olá Isabel,

Na verdade eu creio que o tempo que faz, tem infuência sobre nós!

Olhe, ontem era a mim que só me apetecia ficar aconchegadinha no sofá a comer chocolates!...

e não é que fiquei!?

Mas hoje já não me apetece. Acabei de chegar da minha caminhada, mesmo com chuva!

Acho que vou tentar pôr algumas coisitas em ordem aqui em casa.

Agora o poema:

Para começar, aquela forografia é linda!

A expressão dos olhos é fabulosa!

As palavras... bom, as palavras, são tão suaves , tão macias...
que tocam a nossa mais fina sensibilidade.

"Como eu queria

que esses olhos fossem

sorriso ainda na boca dos meus pais."

Ao procurar em mim o sentido destas palavras, senti como que um estremecimento na alma, no peito!

Tão profundo Isabel!...

Só tenho que lhe dizer, uma vez mais: Muito obrigada, do coração.

Tenha um lindo resto de dia

um beijinho

viviana

Storinha disse...

Ai amiga... vontade não me falta... mas se continuo a comer chocolates qualquer dia rebolo em vez de andar :)
A minha depressão já deve ser crónica; precisava de formatar o cérebro, se tal fosse possível. Como não é a solução é ocupar-me com outras coisas (dar aulas...) e o tempo que resta dedicar-me ao filhote. O pior é quado ele vai para o pai :(((( Nunca me vou habituar.

BC disse...

Fátima, hoje já falámos muito.
Só para lhe dizer que amei o que me enviou, verdade, adorei mesmo,
já pensei fazer um texto sobre isso,
se ainda estiver inspirada esta noite, amanhã sairá
Boa noite e obrigada mais uma vez
:)s muito coloridos

BC disse...

Todos temos uns dias melhores do que outros, e hoje foi um deles.
O DIA ACORDOU CINZENTO E EU TAMBÉM!
Amanhã pode ser que o so já brilhe
BEIJINHOS E SORRISOS Marta.

BC disse...

Amiga Viviana, também sempre presente com palavras tão sábias.
Obrigada
Um beijo para si do tamanho do mundo.
Também os meus sorrisos!

BC disse...

Olá storinha, todos os dias lá vou
fazer uma visita, mas o dia ainda era o do sofá e dos chocolates, por isso eu hoje apeteceu-me imitar
a dose.
Não faças interregnos tão grandes,
eu acredito que seja difícil.
Por isso para ti muitos sorrisos coloridos...

f@ disse...

BC olá... os olhos das crianças são sorrisos a purificar o mundo beijinhos das nuvens

Raul Martins disse...

E que haja mais dias cinzentos em que nada te sai pela "garganta" para que assaltes a tua gaveta e tires cá para fora estas preciosidades.
Quantas vezes não deparamos com poemas tão complicados que nada nos dizem?
Este é um exemplo de um poema simples, bonito e que nos diz muita coisa.
Há dias assim... A vida tem muitas estações. O importante é descobrir em cada uma delas o que elas nos querem "segredar".

BC disse...

E são mesmo f@!
Sorrisos para as nuvens!

BC disse...

...e que acordes muitas manhãs com esse teu sorriso!!!
Vou tentar, ontem o dia foi muito cinzento por várias razões.
Há dias Raul, em que as palavras e os gestos são o melhor bálsamo.
Acredita.
Um sorriso não cinzento, mas colorido para ti.